domingo, 1 de Junho de 2014

Potência Elétrica

Potência Elétrica


  A Potência elétrica (P) pode ser definida como o trabalho realizado pela corrente elétrica em um determinado intervalo de tempo.



Símbolo da grandeza: P

Unidade no Sistema Internacional: watt (W)

Mede-se com um wattímetro.












A Potência Elétrica calcula-se das seguintes forma:













Energia Elétrica

Energia Elétrica


  A Energia elétrica é uma forma de energia baseada na geração de diferenças de potencial elétrico entre dois pontos, que permitem estabelecer uma corrente elétrica entre ambos.
  É também uma grandeza física associada à corrente elétrica, que fornece a energia aos recetores elétricos para estes funcionarem.






Símbolo da grandeza: E

Unidade no Sistema Internacional: joule (J)


Mede-se com os contadores de eletricidade e a unidade de medida é o kWh que significa quilo-watt por hora.





  A energia elétrica relaciona-se com a intensidade da corrente, a diferença de potencial e o tempo de funcionamento.












Lei de Ohm

Lei de Ohm 


  A Lei de Ohm afirma que, para um condutor mantido à temperatura constante, a razão entre a tensão entre dois pontos e a corrente elétrica é constante. Essa constante é denominada de resistência elétrica.


  Quando essa lei é verdadeira num determinado condutor mantido à temperatura constante, este denomina-se condutor ôhmico
  A resistência de um dispositivo condutor é dada pela fórmula:

 R = \frac {V} {I}

ou

V = R I

onde:
V é a diferença de potencial elétrico (ou tensão, ou ddp) medida em volt (V);
I é a intensidade da corrente elétrica medida em ampère (A);
R é a resistência elétrica medida em ohm (Ω).




Resistência Elétrica

Resistência Elétrica


  resistência elétrica (R) é a capacidade de um corpo qualquer se opor à passagem de corrente elétrica mesmo quando existe uma diferença de potencial aplicada. O seu cálculo é dado pela Primeira Lei de Ohm, e segundo o Sistema Internacional de Unidades (SI), é medida em ohms.




Símbolo da grandeza: R

Unidade no Sistema Internacional: ohm (Ω)

Ω (ohm) = 1 000 mΩ (miliohm)



  Se um material oferecer grande resistência à corrente elétrica significa que é um mau condutor, se em vez de isso oferecer pouca resistência à corrente elétrica então significa que é um bom condutor.





Maneiras de medir a resistência elétrica:






-No Método Direto 
mede-se a resistência do componente fora do circuito ligando-o a um ohmímetro.






- No Método Indireto mede-se a intensidade da corrente do circuito com um amperímetro e a diferença de potencial com um voltímetro e calcula-se utilizando a fórmula indicada.  

 



Os fatores que influenciam a resistência de um material são:

  •  O comprimento do condutor, quanto mais comprido seja o condutor, maior é a resistência, então, quanto mais curto for o condutor, menor é a resistência;

  •  A espessura do condutor, quanto mais espesso for o condutor, menor é a resistência, então, quando menos espesso for o condutor, maior é a sua resistência;

  •  A temperatura na qual ele se encontra;

  •  O material de que é feito o condutor.





Intensidade da Corrente

Intensidade da Corrente


  A Intensidade de Corrente relaciona-se com o número de electrões que passa numa secção recta de determinado condutor metálico, por unidade de tempo.



  Quanto maior o número de electrões a atravessar o condutor por unidade de tempo, maior a Intensidade de Corrente.




  A unidade SI para a Intensidade de Corrente é o Ampere, de símbolo A.







  Utiliza-se o amperímetro para medir a intensidade da corrente de um circuito, que é instalado em série em relação ao circuito.

  Símbolo da grandeza: I
 Unidade no Sistema Internacional: ampere (A)

    1 A (ampere) = 1 000 mV (miliampere)









A Intensidade da Corrente nos vários circuitos:


Intensidade da Corrente nos circuitos em série:




  A intensidade da corrente nos circuitos em série tem o mesmo valor em todo o circuito.

IT = I1 = I2 = ...





Intensidade da Corrente nos circuitos em paralelo:




  A intensidade da corrente nos circuitos em paralelo é igual à soma dos valores registado nas várias ramificações.

IT = I1 + I2 + ...








Diferença de Potencial

Diferença de Potencial


  A diferença de potencial (d.d.p) é uma grandeza física que esta intimamente ligada ao conceito de corrente elétrica. isto é,  relaciona-se com a energia que é transferida para o circuito elétrico.


                                                                             Símbolo da grandeza: U

Unidade no Sistema Internacional: volt (V)

    1 V (volt) = 1 000 mV (milivolt) 










  
  É utilizado o voltímetro para se medir a diferença de potencial de um circuito, que é instalado em paralelo em relação ao circuito. 








A Diferença de Potencial nos vários circuitos: 



Diferença de Potencial nos circuitos em série:



 
 A diferença de potencial nos circuitos em série, medida na fonte de energia, é igual à soma da d.d.p. dos recetores do circuito.

UT = U1 + U2 + ...






Diferença de Potencial nos circuitos em paralelo:




 A diferença de potencial nos circuitos em paralelo, medida na fonte de energia, é igual à d.d.p. dos recetores do circuito.

UT = U1 = U2 = ...








sábado, 31 de Maio de 2014

Circuitos Elétricos

Circuitos Elétricos


  •   Um circuito eléctrico é constituído por fontes e receptores de energia. Um exemplo de circuito eléctrico é o representado na figura seguinte, onde se encontram instalados uma pilha, um interruptor e uma lâmpada.
  •   Quando a fonte se encontra correctamente ligada ao(s) receptores, diz-se que o circuito está fechado, caso contrário diz-se que está aberto.


SENTIDO DA CORRENTE ELÉTRICA


  Num condutor metálico, a corrente eléctrica é explicada por um fluxo desordenado de electrões que atravessam esse condutor.



  Estes electrões fluem do Pólo Negativo para o Pólo Positivo da fonte (Sentido Real da Corrente Eléctrica). 
  Em Física, convencionou-se que a corrente eléctrica tem o sentido do Pólo Positivo para o Pólo Negativo da fonte (Sentido Convencional da Corrente Eléctrica).